Notas da Receita Federal (Gazeta de Caçapava, 14/04/2022)

Escolas infantis receberam produtos destinados pela Receita Federal

Na tarde da segunda-feira, dia 11, a Prefeitura de Caçapava do Sul fez a entrega, às direções das Escolas Municipais de Educação Infantil, de um lote de mercadorias destinadas pela Receita Federal no final de Março.

A entrega ocorreu na Secretaria Municipal da Educação. Estivemos lá, além das diretoras das escolas, também o prefeito Giovani Amestoy, o secretário municipal da Educação, professor Aristides Saul Teixeira Costa, e eu.

No total, foram aproximadamente 36 mil reais em brinquedos, aparelhos, utensílios e outros itens variados, que serão incorporados ao patrimônio de cada escola para uso no dia a dia.

O Ato de Destinação de Mercadorias, assinado pelo titular da nossa Delegacia da Receita Federal em Santa Maria, o auditor-fiscal Alexandre Zorzo Righes, incluía ainda roupas de inverno e mochilas – mas como a legislação proíbe agentes públicos de distribuir esse tipo de coisa em ano eleitoral, estes itens ficarão estocadas pela Prefeitura, para entrega às crianças de Caçapava em uma data posterior.



Origem das mercadorias

Como ocorre em quase todos os atos de destinação feitos pela Receita Federal, os produtos deste lote haviam sido apreendidos pelo órgão em ações de combate ao contrabando e ao descaminho.

São mercadorias que estavam sendo transportadas sem o recolhimento de impostos ou, ainda, usadas para ocultar o transporte de substâncias ilegais, drogas e armas.

A Receita Federal segue vigilante nas estradas, nos portos, aeroportos e nas fronteiras, combatendo dia e noite os crimes aduaneiros. E através da parceria com as prefeituras, governos estaduais, forças policiais, instituições de ensino, fundações e entidades, dando ao fruto de todas as apreensões um fim útil à sociedade.


Fabio Burch Salvador