Canal “Fábio Salvador – Videolog” chegou a 2 mil inscritos

Esta semana, um fenômeno aconteceu com meu primeiro canal no Youtube. Estou falando do Videolog, que eu havia até abandonado porque não estava indo a lugar algum.

O número de inscritos começou a crescer subitamente nos últimos cinco dias. De pouco mais de 1600, em uma semana passou a 2157. E cada vez que abro o Youtube Studio, o número fica maior.

(na verdade, eram 2157 quando comecei a escrever esta notícia – agora, minutos depois, já são 2163)


O vídeo que mudou tudo

Todo esse crescimento está sendo puxado por um vídeo em particular.

Trata-se de “Uma Redpill para quem só ouve NÃO das meninas“.

A grande fonte de tráfego para este vídeo são as recomendações em outros canais – o que me leva a concluir que a comunidade masculina consciente considera este conteúdo como algo de valor, e há outros youtubers do ramo me recomendando.

Esta tese é confirmada pelo perfil dos caras que aparecem no espaço de comentários. É evidente que encontrei um nicho de público para o qual tenho alguma coisa relevante a dizer.


Playlist dedicada e conteúdos futuros

Como já tenho alguns outros conteúdos voltados à “machosfera” (ou “manosphere”, se quiserem) e agora tenho uma parcela cada vez maior deste público acessando o canal, criei uma playlist apenas com conteúdos Redpill e de desenvolvimento pessoal, voltada a estes espectadores.

Isso vai facilitar a navegação deles e, com sorte, ajudar na retenção desta turma enquanto não produzo novos conteúdos.

No momento, estou estudando para concursos públicos (com provas daqui a poucas semanas) e portanto não irei produzir nada novo no canal. Porém, já faço planos para retomá-lo, investindo pesado em conteúdos para o público masculino, na mesma linha do vídeo que está puxando o canal de volta à vida.


Não, não é apenas UM vídeo

O súbito sucesso de “Redpills para quem só ouve NÃO…” tem provocado este surto de inscrições e me aponta para uma direção (em termos de conteúdo e assuntos) na qual eu realmente quero seguir. Digo isso porque o “hit” está trazendo, a reboque, visualizações para outros vídeos voltados ao mesmo público.

Embora eles ainda não contem com muitos views, é visível que começam a “sair do chão” depois de passarem semanas completamente esquecidos.


Algumas coisas seguirão iguais

A ideia não é transformar o Videolog em um canal de assunto único, focado apenas em “redpills”, direitos dos homens e masculinismo. A produção deste tipo de conteúdo ganhará prioridade, mas seguirei fazendo ocasionalmente, por exemplo, os tutoriais e os “diários de viagem”.

Também pretendo abordar o assunto “Maçonaria” em novas produções.

Fabio Burch Salvador