Encerrei as atividades do meu Videolog no Youtube

Resolvi dar um fim à produção de vídeos para o canal “Fábio Salvador – Videolog”. O último vídeo a ir ao ar é o Especial de Natal 2021, com algumas canções natalinas “zoeiras”.

É um episódio leve de se assistir, alegre e empolgante, com uma certa crítica social carregada de revolta em forma de deboche. Acho que é um vídeo bem apropriado para a ocasião. Um bom “final statement”.

O canal “morre” com 86 vídeos publicados e exatamente 1600 inscritos. O vídeo mais popular teve 23 mil views.

A decisão de encerrar o projeto não foi fácil mas agora, olhando com calma e em retrospecto, me parece muito lógica e deveria ter sido tomada bem antes.

Em uma publicação no Youtube, eu explico tudo:

O ano que nasce virá cheio de novos projetos. Este projeto aqui, entretanto, chegou ao fim. Não verá a luz em 2022.

Alguns dos vídeos que botei no ar foram divertidos de fazer; outros trataram de temas sobre os quais eu sentia que realmente precisava falar; e tivemos até alguns sucessos, vídeos com alguns milhares de views.

Em resumo, fazer isso aqui FOI importante para mim e tenho certeza de que alguma coisa do que eu disse, produzi e mostrei foi importante para alguns de vocês. Só que não vai dar para continuar.

Fazer um videolog, para mim, foi uma continuação da experiência que eu tinha, antes, tocando um blog. Então, este é um trabalho de uma década e meia. Foram anos de esforço. E sejamos francos: eu não vou a lugar algum como “blogueiro/vlogueiro”. Não é esse o meu caminho.

Os números não mentem, e é preciso cair na real.

Dito isso, é importante salientar que eu não vou sumir do mapa.

Vou seguir escrevendo livros, aparecendo em vídeos institucionais do Governo Federal, etc.

Mas esse espaço aqui, agora, pertence à História.

Não à “lata de lixo” dela, mas a um lugar limpinho, que os amigos mais saudosos poderão sempre visitar. Pode ser que alguém precise de algum dos meus tutoriais, ou pode ser que alguém queira relembrar alguma coisa que viu… então vai ficar tudo no ar aqui, não vou deletar nada.

Obrigado a todos por tudo.


Fabio Burch Salvador