Notas da Receita Federal (Gazeta de Caçapava, 15/07/2022)

Receita Federal alerta para golpes relacionados a pedidos de empréstimo e IOF

A Receita Federal vem recebendo relatos de que existem empresas – ou supostas empresas – condicionando a liberação de empréstimos ao pagamento antecipado de Imposto sobre Operações Financeiras (IOF).

Os estelionatários exigem que as pessoas paguem algum valor, prometendo empréstimos com condições atrativas.

Para dar aparência de legitimidade ao golpe, fornecem inclusive documentos, como notificações e documentos de arrecadação falsos, induzindo o cidadão a recolher taxas inexistentes para a liberação do dinheiro.


Cuidado!

A Receita Federal não fornece dados para recolhimento de tributos ou taxas via transferência. O recolhimento do IOF, especificamente, é feito unicamente através do Documento de Arrecadação de Receitas Federais (Darf).

Este valor, em empréstimos legítimos, é pago pela instituição que fornece o crédito (o banco, a financeira) e não pelo contribuinte.

A Receita Federal esclarece, ainda, que os servidores da Instituição não prestam serviços de empréstimo à população nem entram em contato para cobrar esse tipo de pagamento.


A quem recorrer?

Caso desconfie ser vítima de um golpe, a Receita Federal orienta que o cidadão procure imediatamente a autoridade policial, munido de todas as provas possíveis, a fim de registrar um boletim de ocorrência.

Fabio Burch Salvador