Câmara de Santana da Boa Vista debate o Imposto Solidário

Na noite de segunda-feira, dia 2 de Maio, a Câmara Municipal de Santana da Boa Vista abriu espaço para que eu fizesse uma apresentação a respeito do Imposto Solidário. Ocupei a tribuna, na condição de agente da Receita Federal, por 15 minutos falando sobre destinação do Imposto de Renda de Pessoa Física. Em seguida, passei outros vinte minutos respondendo às perguntas e manifestações dos parlamentares da Casa.

Neste ano de 2022, pela primeira vez em sua história, a cidade de Santana da Boa Vista conta com os fundos municipais – da Criança e do Idoso – para receber recursos.

Eu já havia feito ações de campanha pela destinação do IRPF na localidade, junto aos escritórios contábeis, à imprensa e às lideranças de entidades. A ida à Câmara de Vereadores havia sido solicitada há algumas semanas.


Adesão dos parlamentares

Santana da Boa Vista tem um Legislativo composto por nove edis. Todos estavam presentes à sessão, e todos manifestaram interesse em divulgar a pauta do Imposto Solidário junto à comunidade. Todos receberam cartazes da campanha e fizeram fotos e postagens a respeito do assunto em suas redes sociais.

A adesão em massa não me surpreendeu nem um pouco. Afinal, a pauta é importante e o povo de de Santana da Boa Vista sempre me recebe com muito carinho, dando espaço, atenção e engajando-se nos projetos e parcerias do Governo Federal que levo à comunidade.

Fabio Burch Salvador