Unificação de todos os meus canais no Youtube

Há algum tempo, venho lidando com uma grande dificuldade em gerenciar minha vida no Youtube – ao ponto de isso tomar tempo e me sugar energias de forma excessiva.

Havia um perfil oficial, com vídeos institucionais e o projeto de fazer conteúdos sobre comunicação e liderança;

Havia um canal de História, parado no tempo e servindo apenas como depósito de conteúdo velho;

E havia o Videolog, bombando (relativamente) em audiência mas muito difícil de fazer, pois não tinha um foco definido. Ali existiam tutoriais para montar coisas, papos redpill, política, música, etc.


Menos é mais

Meu tempo é limitado – eu trabalho o dia todo na Receita Federal, tenho família, amigos – enfim, uma vida fora do Youtube – e tornou-se inevitável afunilar minha produção na plataforma.

Foco. Foco é a palavra-chave.

Refleti muito e encontrei minha nova fórmula.


Um único canal

O perfil profissional e o canal de História saíram do ar. Deletei mesmo.

Todo o conteúdo deles está sendo migrado para dentro da conta do antigo Videolog, que agora passa a chamar-se simplesmente “Fábio Burch Salvador“.

Este agora é o meu único canal e a minha única “identidade” dentro do Youtube. Foi escolhida, claro, por ser a conta mais antiga e com quase 4 mil inscritos.

É um canal novo, apesar de a conta ser velha.

E este “novo” canal não vai ser sobre tudo.

Eu finalmente criei uma linha editorial combinando foco e uma certa adaptabilidade, uma certa amplitude.


A linha editorial

Meus vídeos de História estão indo ao ar ainda amanhã, e eu pretendo produzir análises/opiniões, mas não de forma destrambelhada: quero fazer coisas embasadas, com sentido social e histórico. Esses dois eixos são, portanto, naturalmente interligados.

Eu planejo também produzir vídeos sobre comunicação e liderança. É um assunto mais profissional mas não completamente alheio aos outros.

Me parece que esses “eixos de conteúdo” são interligados de uma forma muito intrínseca. E eles têm tudo a ver comigo.

Mais tarde, poderemos ter vídeos do tipo “videolog”, acompanhando fatos da minha vida – mas não falo da privada. Não quero fazer vídeos de besteirinhas. Eu falo de fatos ligados à atuação pública, política, palestras, discursos, etc. Uma extensão, portanto, dos assuntos principais.


E o conteúdo antigo?

O conteúdo antigo não foi apagado de vez. Decidi não jogar nada fora porque cada vídeo tem suas visualizações, seu público, seu nicho de interessados.

Joguei tudo dentro de uma Playlist do canal, chamada “O Antigo Videolog“. Os vídeos hospedados ali estão como “não listados”, ou seja, podem ser abertos pela playlist e com o link, mas não serão achados pela busca do Youtube.

Fabio Burch Salvador