Coluna no Diário de Viamão, 11/03/2022

Guerra na Ucrânia

A Receita Federal realizou uma operação especial para fazer os trâmites alfandegários e desembaraçar, com muita rapidez, 11 toneladas de alimentos e medicamentos doados pelo governo brasileiro aos refugiados da guerra da Ucrânia.

A ação ocorreu no Aeroporto Internacional de Guararapes, em Recife, capital de Pernambuco, na manhã de terça-feira dia 8.

A carga liberada inclui alimentos, medicamentos e purificadores de água. O transporte desses itens foi realizado pela Força Aérea Brasileira.

Assim que este avião chegou à Polônia, os mantimentos foram descarregados e distribuídos nas embaixadas próximas da fronteira com a Ucrânia.

Até o momento, cerca de 150 brasileiros conseguiram escapar dos territórios em guerra e ir para países fronteiriços – principalmente para a Polônia e a Romênia – e contam com o apoio e a assistência das Embaixadas do Brasil nestes países.


Missão

É a Receita Federal, no cumprimento de sua missão institucional, que garante ao Estado brasileiro as condições para atuar de forma ativa diante do cenário criado pela guerra na Ucrânia.

Atuação que inclui o auxílio aos refugiados e o controle das consequências econômicas desta guerra (medidas de contenção do aumento de preço dos combustíveis e dos alimentos, por exemplo).


Petrópolis

No final de Fevereiro, os auditores-fiscais, analistas-tributários, servidores administrativos e colaboradores da Receita Federal, espalhados por todo o Brasil, já haviam feito uma grande “vaquinha” e doado seis toneladas de alimentos para ajudar às vítimas dos temporais em Petrópolis/RJ.

As cestas foram retiradas em Duque de Caxias, cidade próxima, por um caminhão da Divisão de Repressão ao Contrabando e Descaminho da 7ª Região Fiscal, e entregues no ginásio do Petropolitano Foot-Ball Club.

Dias antes, a Receita já havia destinado 48 toneladas de mercadorias apreendidas (roupas, material de iluminação, material escolar e outros itens), para o atendimento aos desabrigados e como auxílio na reconstrução da cidade.

Fabio Burch Salvador