Dez capas INCRÍVEIS do Weekly World News

Os brasileiros não são muito familiarizados com o Weekly World News mas, nos EUA, o jornal é uma espécie de ícone cult da história da imprensa. Enquanto outros jornais buscam a verdade, os fatos, a credibilidade, o WWN encontrou o sucesso justamente pegando o caminho oposto: tudo nele é absolutamente falso.

O caráter absurdo e fake é realçado pelo mote estampado abaixo do logotipo em todas as edições: “The world’s only reliable newspaper” – o único jornal confiável do mundo. Perfeito!

E ele nasceu quase por acaso: em 1979, o The National Enquirer comprou impressoras coloridas. O dono do jornal, Generoso Pope Jr, não sabia o que fazer com as velhas impressoras em preto-e-branco, e não queria deixá-las paradas. Criou, então, o World Weekly News.

O curioso é que o Enquirer já era um tabloide sensacionalista de baixíssimo nível. Quando parecia impossível criar algo mais sem noção, eis que surge o WWN.

De 1979 a 2009, as rotativas do senhor Pope cuspiram um imenso manancial de besteirol. Eu selecionei as capas de dez dessas pérolas.


 

Ah, Elvis Presley… o tema favorito, eu diria até OBSESSIVO dos redatores do Weekly World News.

O jornal simplesmente embarcou em uma cruzada para provar ao mundo que o Rei do Rock estava vivo em diferentes épocas depois de sua suposta morte, em 1977. Nesta edição de 1992 Presley, pego no “flagra” bem na hora em que segurava seu neto recém-nascido, ainda deu uma declaração ao jornal: “Vou ensiná-lo a cantar como eu”.


 

 

Hillary Clinton (razoavelmente gatinha em 1993) adotou um bebê alienígena, após a criança sobreviver à queda de um disco voador. O que isso significa para os EUA e o mundo? Por que ela fez isso? Não sei. Só o que sabemos é que o Serviço Secreto estava construindo um berçário especial (possivelmente na Área 51) na data da publicação desta edição.


 

Lincoln era uma mulher. Sim. Isso é fato. A equipe do WWN fez esta chocante descoberta revirando fotos no porão da Casa Branca. E não apenas eles afirmam isso, como também trazem na capa uma FOTO para provar!

Não apenas isso: John Wikkes Booth, o assassino do(a) presidente(a), era seu amante. Uma notícia e tanto! No rodapé, temos uma daquelas chamadas clássicas do periódico: um astronauta mantido refém por aliens. Por que não?


 

Saindo um pouco da Casa Branca e indo diretamente para o cenário da batalha mais decisiva da Guerra Civil Americana (1961 – 1965), nossos intrépidos jornalistas descobrem um fenômeno aterrador: bebês nascidos em Gettysburg, na época do confronto, estão vivos e não envelheceram um dia sequer em 130 anos! Um garoto e uma garota teriam sido levados, pelo FBI, direto para Washington para serem estudados!

Por que NENHUM outro jornal deu essa notícia? Porque o governo não quer que você saiba!

O QUE essa notícia significa? Não sei ao certo. Mas, como diria Eymael, “são sinais, fortes sinais”.


 

Se o verdadeiro gênero de Lincoln e os bebês de Gettysburg já serviram para demonstrar o poder investigativo do WWN em relação ao passado, agora vem a BOMBA: a incansável equipe do jornal acompanhou a descoberta dos ESQUELETOS DE ADÃO E EVA no Colorado!

Sim! O Jardim do Éden ficava logo ao sul de Denver. É tudo verdade!


 

Agora, vejam só… não apenas Adão e Eva eram americanos, mas também – e isso a Bíblia ESCONDE – havia uma terceira pessoa no affair… e não estou falando de Lillith, a mítica primeira esposa do primeiro homem. Não! Eu estou falando de Ed, o AMANTE GAY de Adão!


 

O “garoto morcego”, encontrado em uma caverna, acabou ganhando um status tão importante nas páginas do Weekly World News que, com os anos, acabou tornando-se o mascote do jornal. Basicamente, Bat Boy era um guri com olhos enormes, capaz de enxergar no escuro e dotado da capacidade de orientar-se por ultrassom.

Com o tempo, o personagem ganharia vida própria, com suas aventuras e conquistas sendoacompanhas de perto por este importante veículo de comunicação.


 

Avistamentos de discos voadores e contatos com ETs são coisa para criancinhas. Jornalistas de verdade só dão CAPA para notícias como essa: ALIENS GAYS descobertos nos escombros de um OVNI caído! Morreram abraçados, os dois.

Detalhe é a chamada do topo da página, com uma garota contando a dramática história de quando teve que tornar-se atriz pornô para pagar por uma cirurgia para a mãe… uma cirurgia PLÁSTICA.


 

Essa capa é um FESTIVAL de SUPER NOTÍCIAS!

A Arca de Noé foi encontrada, mas não na Terra e sim EM MARTE!

Além disso, nosso querido Bat Boy acaba de frustrar uma conspiração envolvendo armas nucleares.

E o mundo finalmente pôde conhecer o IRMÃO GÊMEO BURRO de Albert Einstein.

Isso é que é jornalismo! É pra isso que eu pago assinatura!


 

Se Elvis está vivo, quem pode afirmar que John Kennedy não poderia estar por aí também, né? E não apenas vivo, mas escondido em Washington, dando conselhos a seus sucessores Lyndon Johnson, Nixon, Ford, Carter, Reagan e Bush!


 

 

Depois de descobrir os paradeiros do Elvis e, do Kennedy, é claro que o Weekly World News não poderia deixar de acompanhar os últimos dias de Adolf Hitler. Descoberto aos 100 anos de idade no Chile, o ditador viveria para aparecer ainda em outra edição, aos 109. Pelo jeito, a paranoia do ditador com comida e cigarros deu certo.


 

Eu prometi 10, mas trouxe na verdade 11 capas do incrível WWN para vocês no dia de hoje. Prometo voltar com mais, outro dia.

Se fosse brasileiro, o Weekly World News bem poderia usar o slogan do Sensacionalista: “um jornal isento de verdade”.

Boa noite.