E se eu não quiser usar terno/saia na igreja?

Esta é uma questão que aflige a muitos cristãos pelo mundo todo e, se você algum dia perguntou sobre isso ao pastor da sua igreja, é bem provável que ele tenha dito que a roupa é sinal de “respeito a Deus”. O que é uma bobagem: Ele vê os nossos corações, não nosso visual.

Na Bíblia, não há nenhum manual de vestimenta. Pelo que andei lendo no Novo Testamento, Jesus não ligava muito para roupas. De fato, os grandes preocupados com trajes e adornos eram os caras maus do templo, os sacerdotes que, no fim das contas, queriam vê-Lo morto e esquecido. Eles, sim, preocupavam-se imensamente (e acreditavam que Deus estivesse preocupado) com suas roupinhas brilhantes, apetrechos de ouro, cabelo e barba.

As regras de vestimenta e aparência são criações do homem, e não mandamentos de Deus. Poderíamos estar todos no culto usando fantasias dos Vingadores, que não faria diferença alguma, desde que a fé fosse sincera.

A salvação é pela fé, não pelas obras e muito menos pela moda.

Agora, espere: antes de sair de sunga para a igreja, leia o que tenho a dizer.

Igrejas podem ser instrumentos do Senhor, e são super importantes para o crescimento espiritual de cada membro do Corpo mas são, também, entidades com CNPJ e estatuto. E essas instituições podem ter certos parâmetros institucionais.

Isso quer dizer o seguinte: que eu posso muito bem ir a uma igreja “sisuda” usando bermuda só para assistir ao culto. No entanto, se eu quiser dar assistência, ler a Palavra ou realizar qualquer outro trabalho dentro da estrutura desta instituição, eu vou precisar vestir um terno, ou seja lá qual for a “roupa padrão” dos obreiros daquele lugar.

Trata-se de uma questão prática. Para novos visitantes, é importante demonstrar certa unidade visual e tornar o pessoal “de dentro” facilmente reconhecível.

Então, você não vai perder a Salvação só porque não está usando determinado corte de cabelo, barba, ou uma roupa específica. Aliás, eu recomendo que você jamais coloque-se em uma situação que te pareça artificial, contraditória ou falsa. A artificialidade tira a comunhão.

Lembe-se: Deus quer que nos apresentemos com sinceridade. Que nos sintamos bem em Sua presença.

Toda vez que você força a própria barra só para fazer bonito no templo, está fazendo um esforço social, não de fé. Uma coisa para os outros verem, não para Deus.

Quando uma igreja tem sua atenção mais voltada às roupas de seus fiéis do que à fé deles, ela provavelmente não presta. Deus é onipresente, e certamente você pode buscá-Lo em outro prédio com outra placa na porta.

Se você não está frequentando uma igreja para subir nas funções dentro dela, não tem com que se preocupar. E se os “irmãos” começarem a te julgar por isso, lembre-se que eles é que estão contrariando os ensinamentos de Jesus.

One thought on “E se eu não quiser usar terno/saia na igreja?”

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *