O primeiro post, novamente

Bom dia, amigos – novos e velhos. Estou iniciando (reiniciando?) meu blog.

Fui um blogueiro das primeiras gerações e, aqui na minha cidade, um dos pioneiros. Mas tudo o que nasce deve um dia morrer e, há quase dois anos, desisti do formato, que eu via como esgotado. Falo sobre isso em outro momento. O caso é que, agora, voltei.

Antes que alguém me diga que eu estou louco, que a Era dos Blogs já passou e que eu deveria estar fazendo vídeos para Facebook, vou aqui tentar antecipar as dúvidas e aflições de vocês.

Primeiro, de onde saiu a ideia? Bem, outro dia, na gravação do JS Debates (programa ao vivo no Facebook), um amigo e colega de imprensa perguntou-me sobre o conteúdo do meu antigo blog. “Onde foi parar? Tinha coisas muito legais lá”, e papo vai, papo vem, me entusiasmei e coloquei todo o conteúdo velho no ar, para quem por ele ainda interessar-se.

(coincidência ou não, uma amiga telefonou ainda hoje, me cobrando sobre o paradeiro de uma matéria, importante para ela – o universo conspira)

Relendo meu blog antigo – cuja fórmula NÃO repetirei – redescobri a razão inicial de tê-lo criado: eu adoro escrever. Antes da audiência, dos anúncios, do hype social, da influência, antes de tudo colocar-se como prioridade, eu comecei a escrever porque amava escrever. Desistir daquilo e dar um tempo foi importante, pois descobri que ainda amo fazer isso.

O blog novo não será como o velho. Se antes o espaço era uma salada de conteúdo – porque basicamente servia como um depósito de tudo o que eu produzia para jornais de papel – agora meu plano é fazer algo mais pessoal, mais intimista, até filosófico em alguns momentos.

Penso que assim fica melhor para mim e para vocês.

Espero que este espaço seja interessante, que eu possa dialogar com os velhos amigos e com uma nova geração, falar de coisas relevantes, de coisas que vocês possam levar para as vidas de vocês.

Outra grande novidade é que pretendo ter uma relação menos isolacionista com o resto da (ainda existente) comunidade blogueira.

Este é um blog “raiz”, sem preocupações de segmentação, de mercado, de nicho. Um “querido diário” não-diário, exatamente como os primeiros blogs, de vinte anos atrás.

 

PARA OS AMIGOS DE LONGA DATA

Eu não desisti de fazer meus comentários e análises, como sempre.

Continuo escrevendo reportagens e colunas de opinião sobre a política e os assuntos do momento daqui da nossa cidade. Mas eles não estarão aqui, e sim no meu espaço dentro do Jornal Sexta.

Também sigo comentando a realidade brasileira, mas em outros espaços. Todos os links estão aqui.

Se você quiser navegar pelos textos do blog antigo, achar reportagens e coisas assim, fique à vontade: eu coloquei no ar uma versão arquivada de tudo aquilo.

Já os artigos sobre assuntos nerds – aqueles sobre games e filmes – estão todos na versão arquivada do Planeta Proibido.

Precisa de uma apostila ou quer um dos meus livros? Há uma página dedicada a isso. Nada se perdeu. Tudo está aqui, de volta, à disposição.

Tive o cuidado de atender até a quem quiser dar uma olhada no meu portfólio de atuações em jornais de papel. Temos todas as edições do Sexta, e talvez eu consiga no futuro trazer para a web trabalhos mais antigos.

 

Boa navegação. Que sejamos felizes.

2 thoughts on “O primeiro post, novamente”

  1. Legal Fábio que tenha voltado ao Blog. Acho que as ferramentas não podem ser consideradas como a moda, que mudam toda hora. Assim um canal no youtube não é melhor que um blog necessariamente, são ferramentas diferentes para linguagens diferentes. Tem pessoas que tem facilidade de escrever e falar, outras só de escrever e a escolha de uma ou outra vem muito a ver com as próprias habilidades. Abs.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *